Então e o Zmar?

Houve todo um imaginar de histórias que estas cabanas de madeira nos garantiam contar, a experiência de amigos, os blogs vizinhos entre toda a curiosidade que se espalha sobre a espectada magia alentejana.

Fomos em modo fim de férias. A ideia era beber da calma do campo e respirar a energia das famosas praias do sudoeste. Optei por 2 noites, 3 dias, considerado mais que suficiente. Sou miúda de movimento, controverso com a paragem que o sítio obriga, mas adepta de fazer o puto feliz e assim aconteceu.

Virou o banhista principal da piscina de ondas ainda que em escassos 10 minutos de hora a hora, gestor de legos da sala ODemira, (penso ser este o nome), um espaço lúdico de grande dimensão e com diversidade de brinquedos, e o rei da pista na hora dos espectáculos noturnos. Depois venham-me cá dizer que o miúdo não tem futuro. A mãe limitou-se a acompanhar a agenda da cria e a fotografar para fazer memórias. Sei que já todo um país deve ter parado neste cantinho mas aqui fica o Bom, e o que podia ter sido melhor:

Optei por um regime meia pensão em que as bebidas não são incluídas e ninguém informou, acho que era simpático, face ao valor que se paga ter pelo menos uma água para os miúdos.

Alerta pais que vão sozinhos, parece-me ser um espaço muito direccionado para crianças, o que se a estadia for longa se pode tornar aborrecido. O registo do espaço é semelhante ao das colónias de férias, sendo que apanhei bastantes quando fui em Julho.

As casas de madeira existem de várias dimensões, fiquei num T1, podia ser menos claustrofóbico, e a casa de banho maior para ser mais fácil a logística com crianças. São pequenos apontamentos que podiam fazer a diferença. No que toca ao bom, se fosse o cookie a falar diria que entre a liberdade de corrida pelos espaços verdes, os animais com os quais podem conviver e a loucura da piscina de ondas foi difícil eleger o vencedor. A mãe ficou fã dos verdadeiros musicais na tenda de espectáculos.

Eu imaginei diferente, para ele superou o imaginário, assim sendo Magia feita no registo de puto Feliz.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *